25 outubro 2006

O clássico discurso dos clássicos.

Mal saímos de um clássico, e nem tempo tivemos para falar dos erros de arbitragem, ou a ausência deles, e já nos preparamos para outro, falando dos futuros erros do árbitro.

Quanto ao primeiro, nem a jovem equipa jogou o suficiente para merecer a vitória, nem o Campeão foi insuficiente para merecer a derrota. O que faz do empate um resultado justo. Nota importante a media de idades dos jogadores de ambas as equipas, e para surpresa de alguns, a da equipa portista até foi ligeiramente mais baixa. Nunca teremos o mérito da melhor formação, mas ninguém nos tira o mérito de melhores bacharelatos e doutoramentos.

O tema da semana, propositadamente o tema da semana, é o árbitro, ou melhor foi o árbitro. Imagine-se que teve a ousadia de expulsar, por acumulação de amarelos, o Mi Mi Micoli (não é uma piada original, mas é muito boa) o que veio de encontro ao pressentimento do engenheiro. O Jesualdo também deve ter tido esse pressentimento em Alvalade, e tirou o Quaresma. Não vi o jogo em questão, mas os dois lances dos amarelos ao Mi Mi Micoli (não é uma piada original, mas é muito boa) são, quanto a mim, justos.
Em relação ao tema da semana, até agora o que se sabe é que no próximo fim de semana temos o Lucílio. Que não sendo um árbitro conhecido por beneficiar a equipa das contas em dia, é conhecido por prejudicar o F.C.Porto.

Certo, certo é que depois do jogo nos encontraremos todos, de novo, para falar do árbitro, ou ouvir falar dele.

2 Comments:

Blogger Mialgia de Esforço said...

Aliás, do que a malta gota mesmo... é do árbitro (http://castigomaximo.blogspot.com/2005/07/malta-gosta-do-rbitro.html)

5:00 da tarde  
Blogger inspector closeau said...

Nem mais Mialgia, Podias "postar" esse texto todas as semanas que estava sempre actual.

5:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home