14 agosto 2006

A Última Ceia.

Arte no Período.

2 Comments:

Blogger PavlovDoorman said...

Porque não recordar um post anterior agora que se aproxima o ínicio do campeonato?
Porque não tentar fazer dessa ideia um movimento que se transformará em algo tão natural como pegar no cachecol antes de sair de casa a caminho do Dragão?
Eis a transcrição:


Quinta-feira, Abril 27, 2006

Uma ideia
Uma ideia peregrina.Depois de tantas e tantas vezes ver nos jogos do Barcelona o Hino entoado por aquela molde humana impressionante gostaria de deixar aqui expresso um pedido/desejo a todos vós.
Porque não todos nós no próximo "domingo" entoarmos em uníssono o Hino do nosso Porto (agora que foi finalmente recuperado nos altifalantes) aquando da entrada das equipas no relvado do belo Dragão?
Porque não as Claques e o Clube distribuirem a letra do nosso belo Hino? Se existir alguma coreografia porque não imprimir no verso da cartolina a letra do nosso hino?
Para começar e com a promessa que irei tentar espalhar esta ideia pela nossa comunidade aqui fica a razão da minha Paixão:

Ó meu Porto onde a eterna mocidade
Diz à gente o que é ser Nobre e Leal
Teu pendão leva o escudo da Cidade
Que na história deu o nome a Portugal

Ó Campeão, O teu passado
É um livro de Honra de Vitórias sem igual
O teu Brasão abençoado
Tem no meu Porto mais um Arco Triunfal

Porto, Porto, Porto, Porto
Porto, Porto, Porto, Porto
Porto, Porto

Quando alguém se atrever a sufocar
O grito audaz da tua Ardente Voz
Ó Porto então verás vibrar
A multidão num grito só de todos nós

Ó Campeão, O teu Passado
É um livro de Honra de Vitórias sem igual
O teu Brasão abençoado
Tem no meu Porto mais um Arco Triunfal

Porto, Porto, Porto, Porto
Porto, Porto, Porto, Porto
Porto, Porto

Agora, como na altura farei o possível para transmitir esta ideia pela comunidade Azul, ajudem-me neste desiderato e faremos da Voz do Dragão uma Voz sufocante e nunca sufocada.

5:09 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Keep up the good work
» »

5:38 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home